Crucifixos Proibidos

a495i0_bla Uma determinação da Corte Europeia de Direitos Humanos proibiu que crucifixos continuem nas paredes de escolas públicas da Itália.

O que dizer disso? O lógico parece ser esbravejar contra esses que querem expulsar Jesus das escolas. No entanto, como diz a Bíblia (daí a Cesar o que é de Cezar e a Deus o que é de Deus – Mc 12.17), ou seja, os governos que administram as coisas desse mundo, são seculares, não devem obrigar ou proibir em assuntos que dizem respeito à fé. Logo, impor os crucifixos a pessoas de outras religiões parece não ser muito sábio. Proibir parece também ser um ato extremo.

Tenho símbolos cristãos nas paredes de minha casa. Não posso permitir que me proíbam de deixá-los lá em minha sala. No entanto, se alguém reclamar da cruz que coloquei na parede do corredor de um prédio público, tirarei prontamente.

A verdade é que podemos entregar as paredes públicas “a Cezar” e colocarmos nelas quadros e símbolos mais neutros, talvez de belas paisagens que ainda assim falam do poder Criador. Agora, jamais deixemos que nos proíbam de pendurarmos a nossa fé naquele que morreu por nós, jamais nos curvemos, se um dia, nos proibirem de colocar a cruz de Cristo no centro de nossas vidas.

Daniel preferiu ser jogado na cova dos leões a abdicar de sua fé (Dn 6). Seus amigos foram jogados na fornalha ardente porque se negaram a cumprir uma ordem de adorar a estátua do rei (Dn 3). O próprio Senhor Jesus diante do interrogatório das autoridades não abdicou de nós, antes sofreu em nosso lugar.

Que a sabedoria de Deus esteja com todos os que ocupam o lugar de César (governantes) atualmente. Que administrem para o bem estar de todos, independente da religião. No entanto, quando algum ditador quiser nos proibir, lembremo-nos que aquele que por nós morreu, não ficou preso em uma cruz,  mas está livre em honra e glória acima de todos os poderes.

Penso que o Senhor Jesus não se importaria se um símbolo fosse tirado de uma parede, no entanto, faz questão de ornamentar as paredes lá do nosso coração, não para encontrar acolhimento, pois ele não necessita disso, mas para fazer encher o nosso ser com a Paz e a Liberdade que nenhuma Corte desse mundo pode nos tirar.

Pastor Ismar L. Pinz

Comunidade Cristo Redentor de Pelotas, RS.

ismarpinz@yahoo.com.br

04/11/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário